segunda-feira, 13 de novembro de 2017

O que (eu acho que) tem de bom pra ler na net #162

1 - Estado civil
Da Priscila Cattoni. Um texto muito bonito sobre luto e sobre as transformações da vida. Chorei muito na leitura.

2 - Amor ou telemarketing?
Ainda da Priscila Cattoni. Sobre a invasão absurda de uma campanha de marketing de funerária. E outras coisas quetais.

3 - Por que o Brasil não ganha o Nobel de Literatura
Do André Forastieri. Uma reflexão bem interessante sobre a literatura contemporânea brasileira. Com pesquisa para embasar e mostrar que, no fim, não temos Nobel porque realmente falta qualidade. Bem de leve, ele pergunta onde estão os nossos escritores com o porte de Svetlana Alexievitch (tenho três livros dela e só li um, que é arrebatador)

4 - Corpinho de Biquini
Da Ludmila. Sobre corpos, biquínis, verões, padrões.

5 - I made it!
Da Amanda Lourenço. Acompanhei pelo blog e pelo Instagram a caminhada da Amanda pela Apalachian Trail, nos Estados Unidos. Muita vontade de fazer o mesmo. Pouquíssima coragem, né? Vou seguir acompanhando, porque a ideia dela é escrever um livro e deve ser muito bom, melhor do que o da Cheryl Strayed, que é bem interessante, mas meio chatinho.

6 - 3 semanas
Da Helô Righetto. Sobre as separações necessárias quando um casal é quase uma pessoa só. Muito bonitinho, e foi muito engraçado me identificar com a Helô no quesito "só eu lavo roupa" e "nunca cozinho".

_______________
Aline, que prefere ser chamada de Lile. Ou de Nine...