sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

De volta a NY - Parte 7

Quase todos os tipos de clima

Nosso último dia inteiro em NY foi destinado a resolver coisas. Tínhamos algumas coisas pra levar, que precisavam ser adquiridas, vistas, procuradas. Tínhamos as malas compactar pra arrumar. Tínhamos que despedir da cidade. E o dia amanheceu feio, úmido, chuvoso e chato. Foi difícil andar na rua e no metrô. E o pé... o pé tava sofrendo. E eu com medo de piorar, por conta do solo todo molhado. Mas seguimos.

Fomos a vários lugares, que nem vale a pena contar. Eram só da nossa lista de coisas pra fazer.
Mas algumas vou comentar. De novo, fomos no Whole Food. Leo queria buscar cervejas. Ele encontrou Mikkeller em lata com um preço maravilhoso. Era uma das que ele queria trazer, e lá fomos nós buscar. Também passamos na Staples para buscar plástico bolha e garantir que as cervejas em garrafa que íamos trazer chegassem intactas. Criei uma nova especialidade: embalar cervejas para viajarem de avião.

Tinha essa também, mas não trouxemos

O outro lugar que eu queria parar desde sempre era a Barnes &Noble, que fica na Quinta Avenida. Fomos lá e eu gastei horas passeando por todos os andares, sentando no chão e olhando os livros. Acabei com dois, apenas, que vão me ajudar nas pesquisas. Queria trazer algo de GoT, mas os preços estavam impraticáveis. O volume 1 com ilustrações estava caríssimo. Acabei comprando a versão brasileira, a um preço bem mais digno.


Não tinha espaço na mala

Comprei a edição nacional, com preço digno

Isso deve ser mara, mas não cabia

Trouxe esses dois: algoritmos e ecologia de mídias

Sim, eu tava em casa

A chuva trouxe personagens ainda mais doidos no metrô

O dia não teve nada demais, a não ser ficamos passeando de um lado pro outro - e de cada lado pro hotel - na chuva e no frio.

No dia seguinte, seguimos de metrô pro aeroporto. Me dê um cartão ilimitado do metrô e um mapa que eu chego a qualquer lugar em NY! A ida pro aeroporto foi ótima. Durou cerca de uma hora, quase o mesmo tempo de carro ou de ônibus, mas muito mais tranquila. Dentro do aeroporto, há um metrô interno ligando os terminais. O nosso terminal era o último.

Já no aeroporto, esperando o metrô interno

Esperando o guichê abrir

Livro novo, da livraria da sala de embarque

Já está dando saudade? Sim. Vamos voltar logo? Acho que não. Os planos atuais são outros, mas a gente nunca deixa NY de lado, né?


_______________
Aline, que prefere ser chamada de Lile. Ou de Nine...